medjugorjebrasil




Entrevistas
  • Voltar






17/12/12
20. UMA ELOQUENTE ADVERTÊNCIA



20.  UMA ELOQUENTE ADVERTÊNCIA

 

Yanko -      Vicka, no dia 2 de agosto, aconteceu um fato impres­sionante. A data é inclusive significativa porque há sete séculos, exatamente no dia 2 de agosto de 1216, Nossa Senhora apa­receu a São Francisco de Assis, numa capelinha e disse que todos aqueles que viessem àquela igrejinha e se confessassem e comungassem alcançariam a remissão dos pecados. Mais tarde um papa confirmou esta promessa e um outro papa concedeu essa indulgência a todos os mosteiros franciscanos. Agora a in­dulgência foi abolida, mas sua avó se lembra muito bem que neste dia havia mais confissões que habitualmente nas igrejas franciscanas.

Vicka - Deixe minha avó fora disso e diga o que você quer.

Y.   Neste dia Nossa Senhora apareceu a vocês com um aspecto diferente.

V.   Neste dia, saindo da igreja, descemos ao campo onde Nossa Senhora nos apareceu novamente. E na volta, Nossa Senhora apareceu a Maria em sua casa e lhe disse que deveríamos des­cer mais tarde à eira que chamamos de campo. Ela falou ainda que seu Filho trava um grande combate contra Satã em favor das almas e que o diabo tentava se imiscuir entre os videntes, mas que nós deveríamos enfrentá-lo.

Y.   Disseram que vocês desceram ao campo com umas 40 pessoas e começaram a rezar e a Santa Virgem apareceu.

V.   Não foi a primeira vez que as coisas se passaram assim.

Y.   Mas desta vez, aconteceu algo de inusitado. Quando vocês ter­minaram a prece, a Santa Virgem disse que todos os que se encontravam ali poderiam tocá-la.

V.   E daí?

Y.   Disseram que todos fizeram fila, e um de cada vez se aproxi­mava e tocava Nossa Senhora. Maria lhes mostrava onde po­diam tocá-la.

V.   E dai?

Y.   É bem estranho. Onde as pessoas tocavam Nossa Senhora, fi­cava como que uma nódoa, de tal forma que, no fim, ela pa­recia suja, cheia de manchas.

V.   Eu sei. Isso acontecia quando aqueles que a tocavam tinham o coração enfermo.

Y.   Você viu isso?

V.   Não, desta vez eu não estava lá, mas várias pessoas me disse­ram a mesma coisa quando voltaram. Marinko lhe contou isso, não?

Y.   Marinko me disse que no momento da partida da Santa Vir­gem, Maria rompeu em soluços. Ele estava atrás dela e per­guntou: “Que foi Maria? Por que você está chorando?” Ela respondeu: “Como você quer que eu não chore, se a Virgem Maria foi embora suja?” Foi então que Maria lhe contou das manchas que algumas mãos deixaram sobre a roupa da Virgem. A mim também ela disse que todos os videntes presentes viram estas manchas. O pequeno Jakov também não estava lá.

V.   Eu estava com dor de dente.

Y.   O mais impressionante é que ninguém se lembra daqueles que deixaram manchas sobre a Santa Virgem.

V.   É verdade. Eles me disseram a mesma coisa.

Y.   Quanto a Marinko, ele gritou: “Homens, mulheres amanhã to­do mundo à confissão”. Terá sido por acaso que a Santa Virgem novamente convocou as pessoas a se confessar no dia em que apareceu a São Francisco com a mesma intenção?



Artigo Visto: 4938