medjugorjebrasil




Entrevistas
  • Voltar






17/12/12
23. AS IDAS NOTURNAS AO PODBRDO



23.   AS IDAS NOTURNAS AO PODBRDO

 

Yanko -     A partir de 15 de agosto de 1981, vocês foram proibidos de ir a Podbrdo. Aí o que vocês fizeram?

Vicka - Durante certo tempo, fomos lá quase todas as noites.

Y. Por quê?

V. Algo lá nos atraía. Não podíamos resistir. Por exemplo, nos reu­níamos na casa dos vizinhos, conversávamos, cantávamos, ríamos. E de repente a ideia nos vinha: “Vamos lá em cima”. E partíamos.

Y. Vocês eram quantos em geral?

V. Variava. De dez a cinquenta pessoas.

Y. E o medo da polícia?

V. Que medo?

Y. Vocês se deixaram flagrar alguma vez?

V. Não, nunca.

Y. Mas o que vocês faziam lá?

V. Rezávamos como de costume, mas um pouco mais baixo. Não podíamos cantar.

Y. Vocês rezavam sozinhos, sem a Santa Virgem?

V. Não. O que poderíamos fazer sem ela? Assim que começáva­mos a rezar, Nossa Senhora vinha. Era raro que não viesse.

Y. Quanto tempo ela ficava com vocês?

V. Depende. Às vezes mais de vinte minutos.

Y. Alegre ou não?

V. Alegre. Mais que durante o dia. Não dá para explicar.

Y. Um dos videntes sempre estava presente?

V. Quase sempre. Algumas vezes, as pessoas iam sem nós.

Y. E nessas ocasiões, os fiéis viam alguma coisa?

V. Sim, de vez em quando. Alguns dizem ter visto uma luz no momento da chegada e da partida da Santa Virgem; mas não sei ao certo.

Y. E a que horas vocês voltavam geralmente?

V. Depois da meia-noite. Dependia.

Y. Vicka, você me escreveu uma vez (quando eu estava doente) que no dia 31 de dezembro de 1982, ou seja, na noite de Ano Novo, você, Maria e mais alguém foram lá descalços.

V. E não menti. Maria e eu fomos descalças, mas os outros não. Caminhamos no gelo sem nada sentir.

Y. Por que de pés descalços no inverno?

V. Pela Santa Virgem. Ela sabe por quê.

Y. Isso não teria originado o problema nos pés que você teve?

V. Isso não importa. Não me lamento.

Y. As pessoas ainda vão a Podbrdo à noite?

V. Até dois ou três meses atrás, íamos com frequência. Atualmen­te vamos menos. A gente vai durante o dia, antes de ir à igre­ja, pelo menos todas as quartas-feiras. E algumas vezes em outros dias também.

Y. Por que na quarta-feira?

V. Porque neste dia rezamos em Podbrdo por uma intenção especial.

Y. Posso

V. Quem disse que você pode saber tudo? Algumas vezes nós vamos lá bem tarde. Noutras, a gente vai quando saímos da igreja.

Y. Por que vocês vão lá agora?

V. É estranho. Aqui embaixo às vezes rezamos e cantamos em vão. Nosso coração nos diz para subir, e não podemos resistir.

Y. E Nossa Senhora?

V. Agora Nossa Senhora não vem mais.[1] Antes ela vinha, mas agora não.

Y. Quanto tempo vocês ficam lá em cima?

V. Depende. Pelo menos uma hora.



[1]   Desde julho de 1983, ela voltou a aparecer a Ivan e Maria, que me contaram. Em certos dias, eles vão lá com um grupo de oração, por volta das 22h.



Artigo Visto: 2168