medjugorjebrasil




Entrevistas
  • Voltar






17/12/12
24. PROIBIÇÃO DE IR AO PODBRDO



24. PROIBIÇÃO DE IR AO PODBRDO

 

Yanko -      No dia 12 de agosto de 1981, vocês foram proibidos de ir à noite a Podbrdo. Quem lhes comunicou a proibição?

Vicka - Não me lembro exatamente. Alguém nos falou, mas não me lembro quem foi.

Y.   Como você reagiu a isso?

V.   Fiquei chateada e pensei: “O que isso quer dizer e até quan­do irá?” Vi sentinelas por todos os cantos.

Y.   Quem eram estes guardas?

V.   A polícia de Citluk, de Mostar e também, creio, alguns homens de nossa aldeia.

Y.   De dia ou de noite?

V.   Dia e noite. Sempre.

Y.   Você se lembra de onde os guardas ficavam?

V.   Dizem que eram dez, onze lugares diferentes.

Y.   Quer dizer que nesse dia vocês não viram Nossa Senhora?

V.   Meu caro, a Santa Virgem é mais inteligente que os homens. Na hora costumeira nós nos reunimos atrás de uma casa e começamos a rezar sem saber o que aconteceria, mas ela veio de repente, toda contente. Ela rezou com a gente, nos encora­jou, se despediu e partiu...

Y.   Interessante, mas esta barreira durou muito tempo?

V.   Acho que foram cinco ou seis meses. Mais tarde os homens da nossa aldeia se encarregaram da guarda. Eles assumiram a res­ponsabilidade do revezamento. Dizem até que eles recebiam uma pequena remuneração... não sei ao certo.

Y.   Agora terminou?

V.   Não havia outra saída. Aquilo não tinha sentido. O povo su­portou com paciência, mas sem se humilhar.

Y.   E os videntes, como se saíram dessa durante esse tempo?

V.   Para nós era mais prático que antes.

Y.   Como assim?

V.   Simples. Nós nos reuníamos em qualquer lugar e a Santa Vir­gem vinha como antes. E mais alegre que lá em cima. Ela fi­cava mais tempo com a gente. Rezava, cantava, nos encorajava. Havia menos gente, menos ruído. Era perfeito!

Y.   Ela disse se continuaria a vir?

V.   Ela não disse, mas nós sabíamos. Nossa Senhora é fiel. Nin­guém é mais fiel que ela.



Artigo Visto: 2571