medjugorjebrasil




Entrevistas
  • Voltar






17/12/12
29. A GRANDE ALEGRIA DE NOSSA SENHORA



29. A GRANDE ALEGRIA DE NOSSA SENHORA

 

Yanko -      Houve mal-entendidos entre os videntes. Você mesma re­conheceu isso; e é normal.

Vicka - Falam muito de nossos mal-entendidos. As pessoas dis­cutem, mas nós não dizemos nada.

Y. Uma coisa me parece estranha. Nossa Senhora se regozija sempre que vocês vão juntos ao seu encontro.

V. É verdade. Ela nos diz isso frequentemente. E a gente vê que ela está feliz.

Y. Mas por quê?

V. Não sei. Principalmente antes do Natal e da Páscoa,[1] quando ela nos dizia: “Vocês estarão sempre juntos. Alegrem-se’.

Y. Mas você ainda não me disse por quê.

V. Não sei. Mas não foi por acaso que a Santa Virgem escolheu a nós seis para nos aparecer e transmitir suas mensagens ao mundo. Ela quis que formássemos uma espécie de comunidade. Por isso sempre mandava recados a uns através dos outros e nos informava sobre os que se encontravam longe, principal­mente Mirjana e Ivan. Uma vez ela nos mostrou Ivan na ca­pela em Visoko.[2] É como se eu o visse agora, os olhos levan­tados para o céu, radiante.

Y. E Mirjana?

V. Ela nos mostrou Mirjana várias vezes. Uma vez ela nos mos­trou nossa amiga em lágrimas. Ela estava aflita.

Y. Isso é uma opinião sua ou foi Nossa Senhora quem disse?

V. Nossa Senhora nos disse. E pediu que rezássemos por Mirjana.

Y. Vocês ficam verdadeiramente felizes quando podem ficar todos juntos?

V. Claro! Os mal-entendidos não significam nada. Ninguém nos compreende. Fala-se de nossos mal-entendidos, mas ninguém conta de nossas lágrimas e de nossa dor quando somos obri­gados a nos separar. Principalmente no começo. Aí entram em ação o telefone, as mensagens para nos encorajar e ajudar mu­tuamente. Passamos por grandes penas e provações. Sobretudo Mirjana. Nós a vemos sempre, mas ela, coitada, está longe e só. Ninguém a compreende e são muitos os que tentam pro­vá-la ou seduzi-la. Mas ela resiste bravamente a Satã e a essas pessoas.

Y. A Santa Virgem deve levar isso em conta.

V. Com certeza.

Y. Nossa Senhora está ao lado dela no combate.

V. Sim. Ela lhe transmite nossas mensagens e nossa amizade e isso é um grande apoio para Mirjana.

Y. Vocês mantêm algum contato com ela?[3]

V. Sim, mas ele se torna cada vez mais raro.

Y. E como vai o relacionamento de vocês?

V. Cada vez melhor. Nós nos conhecemos cada vez mais e nos encontramos com mais prazer. Nossa Senhora também fica con­tente quando estamos juntos.



[1] O tempo de férias.

[2] O seminário menor franciscano de Visoko, onde ele passou o ano letivo 1981-1982.

[3]   Ela deixou de ver – e de vir às aparições – no dia 25 de dezembro de 1982.



Artigo Visto: 1217