Documento sem título
  • 01
  • 02
  • 03
  • 04
  • 05
  • 06
  • 07
  • 08
  • 09
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • angular carousel
  • 17
Documento sem título


Artigos










Clique na imagem para ampliar.



As três perguntas...
Postado em: 15/11/13 às 20:36:24



As três perguntas...

Em maio de 2013 houve em Medjugorje um congresso de médicos. Neste congresso uma médica deu o seu testemunho. Ela pertencia a uma família cristã, religiosa, mas como voltou-se totalmente para a ciência, ela se afastou da Igreja.

Como ela era uma cientista muito conhecida no país da ex-Iugoslávia, a enviaram para ver o que acontecia com os videntes e ela falou com Vicka e pediu para fazer algumas perguntas a Nossa Senhora. Vicka respondeu: “eu não sei, eu vou perguntar para Nossa Senhora, vamos ver o que acontecerá”.

Nossa Senhora disse para Vicka: “Sim. Ela pode fazer três perguntas”.

Esta médica, muito inteligente perguntou: “pergunte a Nossa Senhora quem Ela é”. E Nossa Senhora respondeu: “Eu sou a Rainha da Paz”.

Esta médica com esta pergunta e esta resposta, ela já tinha ficado impressionada porque uma criança (vicka tinha menos de 20 anos) não poderia responder assim com tanta convicção.

A segunda pergunta foi: “Porque você escolheu um pequeno vilarejo com poucas pessoas e não uma cidade grande?”

 Nossa Senhora respondeu: “Aqui neste lugar Eu senti a oração mais forte e a fé mais forte”.

A terceira pergunta foi: “será que eu posso tocar Nossa Senhora ?”

Vicka respondeu: “fique com a mão neste local e fique passando a mão de um lado para outro”.

A médica disse que sentiu que entre os dedos passava um vestido.

Vicka disse que viu o vestido de Nossa Senhora ficando sujo.

A médica disse que naquele momento voltou como uma outra pessoa.

Em seu testemunho em maio de 2013, disse que passou-se 30 anos, e que estes 30 anos para ela dividiram-se em três partes:

·       Os primeiros 10 anos ela passou refletindo sobre os seus pecados e as suas ofensas. Os seus erros como ser humano. Sentia-se convertida, mas com um imenso remorso pelo seu comportamento com os outros;

·       Os segundos 10 anos, quando aconteceu a guerra, ela disse que sofreu muito ajudando os soldados e feridos e que se não fosse esta fé ela não teria conseguido passar por este tempo da guerra;

·       Depois de 20 anos, dentro da igreja de São Tiago, ela sentiu que Nossa Senhora a tinha perdoado por tudo o que tinha feito antes. Hoje ela vem frequentemente a Medjugorje e teve coragem de contar esta sua experiência para cerca de 600 médicos reunidos neste congresso.

Testemunho exclusivo para o grupo Medjugorje Brasil em outubro de 2013

Transcrito e traduzido por Gabriel Paulino – site www.medjugorjebrasil.com







 
© Copyright 2005- 2020 - www.medjugorjebrasil.com - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por www.espacojames.com.br
 
Site Meter